Postado por: Maac Gouveia sexta-feira, 2 de maio de 2014

Livro: A Força é dos Quietos
Editora: Gente
Autor: Jennifer B. Kahnweiler
Páginas: 232

Sinopse: "Este livro extraordinário demonstra que você não precisa gritar para ter voz e ser ouvido." Susan Cain, autora de O Poder dos Quietos

Qualquer pessoa que desempenha um papel, seja ele profissional ou pessoal, precisa influenciar as outras em diversos momentos. E virou ponto comum que grandes influenciadores tomam o centro do palco, conseguem se vender, falam mais alto e são ouvidos pela sua eloquência.
Mas nesse mundo em que a extroversão e as aparências parecem governar, os introvertidos acabam sentindo como se não houvesse espaço para as suas vozes. Como influenciar, convencer pessoas e vender ideias quando somos quietos? Quando o lado da vida no qual estamos mais confortáveis é o interior? É aí que entra Jennifer Kahnweiler, que traz as provas de que existe mais de uma maneira de ser influente.
A autora mostra como os introvertidos podem ser influenciadores altamente eficientes quando, em vez de tentar agir como extrovertidos, usam suas forças naturais para fazer a diferença.
Descubra as seis forças dos introvertidos, desenvolva a influência silenciosa e se liberte da cobrança para ser extrovertido: o maior tesouro está dentro de você!

Num mundo barulhento, caótico e que exige soluções práticas e rápidas, às vezes parece que só quem tem voz é quem grita mais alto. E para ser ouvido, não é preciso simplesmente gritar, é preciso principalmente influenciar. Jennifer B. Kahnweiler explica muito bem que para ser um bom influenciador não é preciso necessariamente você vender sua ideia falando alto e sendo extrovertido; você consegue ser um influenciador com tamanho poder mesmo sendo um introvertido. O segredo é usar as forças dentro de você e não tentar agir como se fosse o que você não é, no caso, extrovertido.
 Com um passo a passo detalhado sobre cada uma das seis forças e testes para medir nosso QIS {Quociente de Influência Silenciosa}, Jennifer vai nos mostrando, por meio de histórias e exemplos já bem sucedidos, de como podemos usar essas tais "forças silenciosas" para influenciarmos bem. O livro está mais situado para um âmbito profissional, mas as dicas dadas nele ajudam em qualquer que seja o desafio que algum tímido ou introvertido possa estar passando.
Eu, que sou uma pessoa que me enquadro nesses perfis {timidez e introversão} por sinal, pude aprender bastante coisa com o livro. Principalmente sobre as forças que posso usar para influenciar que são: Momentos de Silêncio, Preparação, Escuta Atenta, Conversa Focada, Escrita e Planos de Mídias Sociais. Os exemplos citados no livro vão de entrevistas com pessoas tímidas que agora comandam empresas ou que com atitudes simples conseguiram mudar muito... É incrível ver como J. K. Rowling conseguiu influenciar tanto com seu poder na escrita ou como Rosa Parks que com um simples gesto de não oferecer seu lugar à uma pessoa branca no ônibus conseguiu incitar uma revolução... Além de exemplos como Salman Khan que criou um projeto Academia Khan e leva ensino de qualidade para muitas pessoas pelo YouTube e inúmeros exemplos de pessoas que, assim como eu, são tímidas e introvertidas e ainda assim conseguiram influenciar e trazer suas ideias à tona.
É até engraçado como muitas das coisas ditas no livro eu já fazia, às vezes sem perceber, aqui mesmo, no blog, que de uma forma ou de outra, é um jeito de influenciar os outros... A Força dos Quietos foi a minha primeira experiência com um livro de auto-ajuda e pude aprender muita coisa com este gênero. Se eu tivesse que resumir este livro com apenas uma palavra, provavelmente eu escolheria inspirador. Seus exemplos e suas dicas nos fazem querer gritar - silenciosamente, claro, aos nossos modos - nossas ideias e tentar mudar alguma coisa no mundo, fazer alguma diferença.

{ 2 comentários... leia-os abaixo ecomente também! }

  1. Otimo livro, estou lendo ele hoje e vou fazer a apresentação dele.

    ResponderExcluir
  2. Otimo livro, estou lendo ele hoje e vou fazer a apresentação dele.

    ResponderExcluir

- Copyright © Mas que livro! - Powered by Blogger - Designed by Johanes Djogan -